quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Le Papa Pingouin

1980, eu tinha 9 anos, Festival Eurovisão da Canção, Luxemburgo.
Uma canção que ficou nos meus arquivos mnésicos até hoje e que eu cantava à Mathilde desde muito pequenina a propósito de papás e de pinguins (não que haja uma relação evidente, apenas porque ela palrava "papa-papa-papa" e eu cantava "le papa pingouin/le papa pingouin/le papa le papa le papa pingouin...").
Ninguém sabia o que isto era, ninguém. Nem portugueses, nem franceses, e suponho que nem mesmo os luxemburgueses se lembrassem de tal. Mas eu insistia que era da Eurovisão e que a canção existia mesmo.

Um dia, por acaso, num canal francês, o papá viu uma promoção disto.



Fiquei tão contente! Gostei mesmo de regressar aos 9 anos! E descobri que a amada canção é, originalmente, belga.

Isto já foi há uns tempos valentes. Ontem adquiri! Grande sucesso com as meninas! Para além do cd, tem um dvd com pinguins que cantam e dançam e com eles todos cá em casa. Uma delícia de bonecos e uma delícia muito maior a Mathilde a imitá-los e a Manon a rir e a abanar-se toda, fascinadas ambas com as imagens.

Ainda assim, a versão nova, remixada, é gira e tal, dá para o gasto, nada pára a modernidade, já se sabe, mas o original por Sophie e Magaly e o momento Eurovisão, indumentária e coreografia incluídas, são imbatíveis.



5 comentários:

Confras disse...

De facto, como dizes, o original está imbatível. Sem palavras... :)

borrowing me disse...

feliz dia de são valentim
bjs

são gomes disse...

Oooh, lembrava-me perfeitamente!
Foi bom rever :) giro, divertido.

OD disse...

Não me lembro, mas realmente está muito giro. Mas bom mesmo deve ser ver as tuas meninas tão entusiasmadas :)
Obrigado telo teu comentario...
Beijinho

Sara Jofre disse...

Só tu para te lembrares destas coisas... eu não me lembrava nada, já tinha ouvido a versão actual, a miúda cá da casa adora, mas nem me passava pela cabeça que fosse do Eurofestival... O que te digo é que já não se fazem músicas de festival como antigamente, essa é que é essa ;)

Beijinhos,

Sara