sexta-feira, 9 de fevereiro de 2007

Ó-laró-laró-quicu-laró-quicu-laró-quicu...


A Mathilde descobriu o meu livro da Heidi com toda a hstória como na série televisiva.
A Heidi, a tia Dete, o Avô, o Pedro ( - Muito guloso! - diz ela com um sorriso divertido, e se de manhã ouve na rádio o Pedro que não o da Heidi, repete: - O Pedro é muito guloso! - e eu respondo: - Bom, de facto também é mas o Pedro da rádio não é o mesmo da Heidi. - e ela ri-se e insiste: - Mas também é muito guloso! - e enche a boca ao dizê-lo, a gulodice apregoa-se de boca cheia :)), a cabrinha Yuki, o cão Joseph, a mãe do Pedro, a avózinha do Pedro, a Sra Rottenmayer (a perceptora), a Clara, o Sebastião e a Tinette (os criados), o doutor da Clara, o rapaz do realejo com a sua tartaruga, o pai da Clara, a Sra Sesemann (a avó da Clara), todas as personagens lhe agradam por isto ou por aquilo

Nas últimas noites tenho revisto aquele imenso livro que fez as minhas delícias em pequenina. Achei imensa graça ao ver na última página a minha letrinha de 6 anos - oferta da minha mãe Janeiro 1977 dia 14 (porque carga de água escrevi eu a data ao contrário do que se usava na altura não sei).

O apontamento cómico é a versão acelerada e pouco conhecedora da história que o pai lhe conta quando ela lhe pede. A Heidi não foi uma prioridade televisiva da sua infância. Ele era mais Goldorak. Lá chegaremos, palpita-me, e aí ou me informo convenientemente ou convenientemente adopto também uma short version para pedidos para dormir.

Mas a Heidi... nostalgiaaaaa...

3 comentários:

Sara disse...

A Heidi não foi parte importante da minha infância, era muito pequena quando deu e tenho uma memória muito vaga das imagens, mas é engraçado que ao ler o teu primeiro parágrafo me deu aquela sensação de nostalgia que se sente quando alguém nos descreve algo que, em tempos, nos provocou um imenso carinho e gosto. Tens esse efeito e esse dom ao escrever.

MS disse...

A Heidi! Conheci primeiro, como quase tudo na minha vida, pelos livros. Ofereceram-me a colecção e só depois vi episódios da série. Amava aquilo. Adorava a historia, os cenários. Gostei muito mesmo. E ainda gosto. Saudades desse tempo e o que é.


beijinho**

apardalada disse...

Ohhh a Heidi!!! Ainda hoje tenho o meu cobertor da Heidi! :-) Que saudades... já decidi comprar os dvd's da Heidi, da Abelha Maia e afins para mostrar ao Tomás quando ele for maiorzinho.