terça-feira, 2 de outubro de 2007

4 U


O conceito de prenda para a Mathilde é o melhor que conheço.
Tudo é um presente.
Um boneco de peluche, uma garrafa de água com o Bugs Bunny na etiqueta, umas pantufas, uma pedra, uma flor, um bom-bom, um queque, um gancho, um livro, um disco, uma canção, um colar, um lençol, uma bicicleta, o que quer que seja que lhe seja oferecido.
É o presente no estado puro do termo. Algo que se oferece a alguém, que é apanhado, comprado, feito para o outro com a intenção de lhe agradar, independentemente da forma, cotação na bolsa, tamanho, odor ou cor.

Oferecemos-lhe, desde sempre, prendinhas pequeninas como um saquinho com 5 ou 6 gomas ou uma concha encontrada na praia ou um bonequinho daqueles que saiem naquelas bolas daquelas máquinas com aquelas maçanetas que rodam quando se põe lá dentro uma moeda. Para a Mathilde é sempre uma surpresa, um cadeau.

E ela faz o mesmo connosco. Praticamente todos os dias, quando a vamos buscar à creche, tem folhas de todos os tamanhos e feitios que apanha do chão, flores que arranca à sucapa, pedras que descobre sei lá onde para nos dar.

- É para ti mamã. Et ça c'est pour toi papa. E também tenho para a Manon. Ce sont des cadeaux.

As educadoras contam que ela faz isso com algumas delas também.

É tão bonita a Mathilde, um presente e uma surpresa, todos os dias.

6 comentários:

bitter_sweet disse...

Sai um pouco aos pais, não sai? :) Alguém lhe passou a ideia de que se pode pensar naqueles de quem se gosta e partilhar ou dar pequenas coisas todos os dias.
Uma folha apanhada com amor é mais valiosa que uma compra por obrigação.

Blue Velvet disse...

Tão bonito este Blog!
E não são as coisas mais pequeninas as mais importantes?

Gostei muito de vir aqui.

Bluevelvet

maria disse...

É bom ela não valorizar só bens materiais...
bjnhho

Sara disse...

Tenho uma aqui em casa que é "igual". O pai vai às compras no supermercado e a felicidade e agradecimentos dela são exactamente iguais quer ele lhe traga um livro, um kinder, um lápis ou um pacote de leite... Assim como se ele aparecer com uma flor apanhada na rua ou o que quer que seja. Para mim faz prendas de plasticina (ou massa de moldar), desenhos, pedras que apanha, flores, etc... é assim também e eu adoro que ela assim seja :)

Cati disse...

Isso é lindo... verdadeiramente. Que nunca perca essa genuinidade e essa alegria das pequenas coisas.

Um grande beijinho de uma fã.

eu disse...

Aposto que o signo dele á touro, não?Beijinhos para todos ai não os conheço mas achei muito querida esta menininha lindinha.
Gabi